Com o Google Translate agora nós saciamos dos Russos até os Gregos Magistrados da Lacônia!

Google+ Followers Siga-nos no Google PlusOne

Pesquisar este blog

Seguidores Google Conect

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Chico Buarque Desencontro


A vida é a arte do encontro embora haja tantos desencontros nesta vida!
(Vinicius de Moraes)

Desencontro

Chico Buarque 



Hoje, 02 de fevereiro de 2013, tivemos a grata satisfação de ler Lauro Paixão, no Mural do Recanto das Letras, curtindo Desencontro, de Chico Buarque.

Devemos colaborar dizendo que Chico Buarque é por muitos cultuado, por muitos adorado, por muitos considerado.

Quando do fala do amor...
é do amor, amor, amor,
amor, amor!
Quando fala da dor... 
é dor, é dor, é dor,
é dor, é dor!
Quando tem saudade, "é o revés de um parto",

"é arrumar o quarto do filho que já morreu".

Quando "cai no samba", se não for uma morena brejeira
ele vê "as pernas de louça da moça que passa"
e não pode pegar,
por que está se "guardando pra quando o carnaval chegar..."

Assim é Chico Buarque.

Quando fala em desencontro...
é um Senhor Desencontro!
(Lustato Tenterrara)

 
 


Desencontro

Chico Buarque 


A sua lembrança me dói tanto
Eu canto pra ver
Se espanto esse mal

Mas só sei dizer
Um verso banal

Fala em você
Canta você
É sempre igual

Sobrou desse nosso desencontro
Um conto de amor
Sem ponto final

Retrato sem cor
Jogado aos meus pés
E saudades fúteis
Saudades frágeis
Meros papéis

 
 

Não sei se você ainda é a mesma
Ou se cortou os cabelos
Rasgou o que é meu
Se ainda tem saudades
E sofre como eu

Ou tudo já passou
Já tem um novo amor.
Já me esqueceu...
(Chico Buarque)


 
 

Mural do Recanto das Letras, 02 de Fevereiro de 2013

02/02/13 08:36 - Lauro Paixão

 
Letra da Música Desencontro
 







O Mundo é muito pequeno diante da saudade...





...aqui começou! Lá terminou...







Letras de Músicas mais Acessadas desde 18 de outubro de 2012

Youtube Chico Buarque

Loading...