Com o Google Translate agora nós saciamos dos Russos até os Gregos Magistrados da Lacônia!

Google+ Followers Siga-nos no Google PlusOne

Pesquisar este blog

Seguidores Google Conect

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Chico Buarque: Roda Viva

Fotopoema VIDA by Chico Buarque. Projeto e Arte final by Lustato Tenterrara

Fotopoema VIDA by Chico Buarque. Projeto e Arte final by Lustato Tenterrara

Fotopoema Vida Chico Buarque

470 x 327 JPG Projeto e Arte final by Lustato Tenterrara http://www.lustato.com

Para acessar 902 x 629 PNG, clique no Fotopoema

http://www.lustato.com/usuarios/19983/fotos/935785.png


Francisco Buarque de Hollanda, mais conhecido por Chico Buarque, é um músico, dramaturgo e escritor brasileiro. É conhecido por ser um dos maiores nomes da música popular brasileira. Wikipédia

Nascimento: 19 de junho de 1944 (69 anos), Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Álbuns: Construção, Millennium, Chico Buarque, Os saltimbancos, Mais

Filhas: Helena Buarque, Sílvia Buarque, Luísa Buarque

Filme: Estorvo

Filiação: Maria Amélia Buarque de Hollanda, Sérgio Buarque de Holanda

Músicas

Roda Viva

Chico Buarque

Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu...

A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino prá lá ...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

A gente vai contra a corrente
Até não poder resistir
Na volta do barco é que sente
O quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva
A mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a roseira prá lá...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

A roda da saia mulata
Não quer mais rodar não senhor
Não posso fazer serenata
A roda de samba acabou...

A gente toma a iniciativa
Viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a viola prá lá...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração...

O samba, a viola, a roseira
Que um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira
Que a brisa primeira levou...

No peito a saudade cativa
Faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva
E carrega a saudade prá lá ...

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

Roda mundo, roda gigante
Roda moinho, roda pião
O tempo rodou num instante
Nas voltas do meu coração

Letras de Músicas mais Acessadas desde 18 de outubro de 2012

Youtube Chico Buarque

Loading...